A Bacalhoada da ‘Presidenta’ e a Mentira Oficial



Presidenta,bacalhoada e mentiras. Não necessariamente nesta ordem

A Bacalhoada da 'Presidenta' e a Mentira Oficial

De Helder Caldeira

 

Vai virar lenda o ‘#rolezinho estratégico’ de ‘Sua Majestade’ Dilma Rousseff em Portugal no último final semana. Para além dos descalabros que envolvem essa ‘viagem oficial’, sobrou para a assessoria do Palácio do Planalto a tarefa de tentar engabelar a imprensa na ogiva do escândalo que movimentou as Redes Sociais no sábado (25) e no domingo (26).

Oficialmente, a ‘presidenta’ e uma das maiores comitivas já registradas na história da Presidência da República — foram necessários dois aviões da Força Aérea Brasileira para transportar a imensa trupe palaciana — deixariam a Suíça, onde estavam para o ‘World Economic Forum‘ de Davos, e seguiriam direto pra Cuba, onde participam da inauguração do suntuoso Porto de Mariel, excrescência da ditadura comunista de Fidel Castro financiada por R$ 1,6 bilhão dos cofres públicos do Brasil.

Em absoluto sigilo, a comitiva fez uma ‘paradinha’ em Lisboa, ocupando 45 suítes dos dois hotéis mais caros da capital portuguesa, onde apenas as diárias consumiram R$ 71 mil, de acordo com levantamento feito por O Estado de S. Paulo. Foi o correspondente europeu do jornal paulista, Jamil Chade, quem descobriu e revelou o ‘paradeiro’ e a ‘farra’ da ‘Esquerda Caviar’ tupiniquim. [Fonte: http://goo.gl/NoEznN]

Uma vez denunciados, os asseclas do governo petista caíram na armadilha de mentir desavergonhadamente.

Em nota oficial, o Palácio do Planalto informou que a ‘presidenta’ estava a dormir em berço esplêndido na caríssima suíte presidencial do Four Seasons Hotel Ritz Lisbon — cuja diária é de R$ 26,2 mil — e que a parada fora necessária porque os aviões da FAB não possuem autonomia para voar da Suíça a Cuba (Portugal).

No entanto, no exato momento em que a nota oficial era divulgada em Brasília, um paparazzi do jornal português Expresso flagrava a ‘rainha’ do ‘Brazil‘ deixando o elegante restaurante Eleven, à margem do Rio Tejo e o mais caro do país. A matéria ganhou destaque por desmentir publicamente as informações institucionais brasileiras. [Confira aqui a publicação portuguesa: http://goo.gl/oELrHg]

Como bem se vê na foto que ilustra este post, o flagra do repórter Nuno Fox revela ‘Marie Antoinette Awá-Guajá’ deixando o local da pajelança em companhia do embaixador do Brasil em Portugal, Mário Vilalva, e da jornalista Helena Chagas, ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Cereja do bolo pós-Bacalhoada, o flagrante fotográfico também mostra os assessores presidenciais carregando sacolas repletas de garrafas de Vinho do Porto, no melhor do ‘modus operandi’ da cafonada farofeira, que viaja ‘pra fora’ e compra ‘lembrancinhas’. Ainda mais quando as ‘comprinhas’ são financiadas com o dinheiro dos outros!

Por óbvio, tudo muito bem pago com recursos dos cofres públicos dos otários brasileiros, que parecem adorar essa alcunha.

#OBrasilPrecisaDeQuimioterapia!

Viva a bacalhoada, as mentiras e a #BananeiraJeitinho!

Clique aqui e leia o post original



Posts Relacionados

1 thought on “A Bacalhoada da ‘Presidenta’ e a Mentira Oficial

  1. FAZER O QUE? AS AUTORIDADES BRASILEIRAS ESTÃO TODAS SUBORNADAS, CORROMPIDAS PELO GOVERNO GUERRILHEIRO. ATÉ A CATINGA DOS PUNS DESTA CORJA É LEI NESTA ESPELUNCA. A ÚNICA RESPOSTA POSSÍVEL, DIANTE DO CRIME OFICIALIZADO PRESIDENCIAL, É O VOTO DOS CONSCIENTES.

Deixe um comentário

error: Content is protected !!