02/05/2020 — O ditador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel encomendou, por R$ 56,2  milhões, 300 respiradores pulmonares no final de março. A empresa fornecedora foi a MHS Produtos e Serviços, que nunca havia fornecido esse tipo de produto. Guilherme Sismil Guerra, de 19 anos de idade, que nem mora no Brasil, era o dono da empresa.

Nenhum aparelho, porém, foi entregue.

Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas do estado (TCE) estão apurando o caso.

Após o início das investigações, Guilherme passou administração da empresa ao seu pai, Glauco Guerra, ex-funcionário da Receita Federal.  “A empresa sempre foi minha”, reconhece o ex-servidor público, que se aposentou em dezembro.

A estratégia atabalhoada para o enfrentamento do Vírus Chinês tem dados lucros milionários para muita gente.

 

FONTE

 





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!