29/04/2020 — O Ministério Público de São Paulo está investigando a compra 3.000 respiradores da China feita sem licitação pelo governador tucano João Doria, o João Comunista. O valor da transação é superior a R$ 550 milhões. Este gasto representa quase a metade dos custos extras com a pandemia do Vírus Chinês estimado pelo governo paulista.

Doria omitiu essa compra em seus comunicados diários no Palácio dos Bandeirantes.
Compras sem licitação foram autorização como medida de guerra contra o Vírus Chinês. Porém, não há carta branca para o administrador público fazer compras de qualquer maneira, sem cuidados.

O preço médio pago em cada respirador nessa transação é R$ 180 mil, muito acima do valor médio da faixa de R$ 60 mil para modelos de respiradores top de linha segundo apurou uma equipe de reportagem da Folha de São Paulo.

No início de abril, o Ministério da Saúde anunciou a compra de respiradores mecânicos com valor médio de R$ 49,6 mil por unidade.

 

FONTE





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!