16/04/2020 — O site americano Associated Press publicou um artigo em 15/04/2020 com o título “Empresas de tecnologia intensificam luta contra informações ruins sobre coronavírus”.  A matéria diz que a OMS está fazendo lobby contra a cloroquina.

Com o pretexto de silenciarem malucos como o que apontamos NESTE POST AQUI, a Organização Mundial da Saúde, apontada por muitas autoridades mundiais como parceira do Partido Comunista Chinês na disseminação intencional do COVID-19, está pressionando as redes sociais a censurarem o discurso pró-cloroquina de líderes como Donald Trump e Jair Bolsonaro.

Por que a OMS não quer a solução imediata da crise econômica e social causada pelo vírus chinês?

Abaixo, alguns trechos da reportagem

“Foi definitivamente, dentro das empresas, uma mudança”, disse Andy Pattison, gerente de soluções digitais da Organização Mundial da Saúde, que há quase dois anos exorta empresas como o Facebook a adotarem medidas mais agressivas contra as informações desinformadas contra a vacinação.

Pattison disse que ele e sua equipe agora sinalizam diretamente informações enganosas sobre o coronavírus e, às vezes, fazem lobby para que sejam removidas do Facebook, do Google e do YouTube.

(…)

O Twitter excluiu uma postagem do advogado pessoal de Trump, Rudy Giuliani, que descreveu a hidroxicloroqina, prima da cloroquina, como “100% eficaz” contra o coronavírus. A empresa também removeu um tweet da personalidade da Fox News, Laura Ingraham, divulgando o que chamou de “resultados promissores” da droga.

(…)

No que pode ser o primeiro, o Facebook removeu uma postagem do presidente brasileiro Jair Bolsanaro, que promoveu a hidroxicloroquina para tratar o coronavírus. O Twitter também removeu um vídeo associado.

(…)

O serviço de mensagens privadas de propriedade do Facebook WhatsApp limitou quantos usuários de bate-papo podem encaminhar mensagens em um esforço para limitar a disseminação de informações erradas sobre o COVID-19. Como o WhatsApp criptografa todas as mensagens, ele não pode lê-las para determinar se elas contêm informações

(…)

FONTE





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!