Experiência macabra e irresponsável tinha objetivo de desacreditar a cloroquina

 

(FOTO:Saulo Angelo/Futura Press/Estadão Conteúdo )

 

16/04/2020 — Praticamente qualquer remédio pode matar alguém quando administrado em dose não recomendada. Mas alguns médicos fingiram não saber dessa regra elementar da medicina com claro objetivo de desacreditar o medicamento. Eles fizeram uma macabra experiência cuja irresponsabilidade está assustando médicos e autoridades internacionais.

Publicada originalmente no New York Times, o estudo de um grupo de médicos do Amazonas, testou os limites da cloroquina, utilizando uma dosagem acima da recomendada. Após a morte de 11 pacientes, os médicos apresentaram a conclusão de que usar a cloroquina em altas dosagens para tratar COVID-19 “pode ser tóxico”. Uma conclusão bastante previsível, mas não se pode argumentar ignorância sobre isso.





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!