O o secretário de saúde, José Mario (à esquerda) e o prefeito Guti (à direita e à frente)

 

 

22/04/2020 — O Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo vai apurar,assim que o Tribunal de Contas volte da quarentena. uma compra de máscaras cirúrgicas pela prefeitura de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo.

A prefeitura de Guarulhos comprou 300 mil máscaras cirúrgicas descartáveis da empresa Innovamed por R$ 1,86 milhão no dia 26/03/2020. Por cada máscara foi pago R$ 6,20.
O preço médio no mercado é de R$ 2,00, segundo o G1.

“Conforme o extrato publicado pela própria administração municipal, a compra foi realizada de uma “eireli”, ou seja, uma empresa individual que é formada por um único sócio como empresário.”

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa, conhecido como Guti, afirma que abriu sindicância para apurar compra de máscaras mais caras. O secretário de saúde, José Mario voltou a declarar que a “compra mais cara se deu pela necessidade de salvar vidas”.





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!