Os enganosos números do ‘Mais Médicos’ – Segundo o Ministério da Saúde, cada profissional atende 3 pacientes por minuto

Mais Médicos não resiste a uma simples calculadora

Imagem colhida no site do O Liberal

Imagem colhida no site do O Liberal

O jornal O Liberal, de Belém, estampou hoje, 18/10/2013 , uma manchete que retrata , segundo o jornal, o sucesso retumbante do programa eleitoreiro governamental ‘Mais Médicos’. Todavia, há algo muito espantoso nos números apresentados.

O jornalista Thiago Vilarins afirma na sua matéria no O Liberal que 207 mil pacientes foram atendidos pelos 60 profissionais em atividade no Pará. O número entretanto não confere com o informado no G1, que relata a chegada de 63 profissionais no dia 14/09/2013, pouco mais de um mês antes da reportagem do O Liberal. Antes de iniciar efetivamente o atendimento à população, o grupo passaria, segundo o G1, uma semana “em acolhimento”. Os médicos teriam começado a trabalhar no dia 23, já que dia 21/09 foi um sábado. De 23/09 ao dia 18/10, dia que O Liberal menciona os 207 mil pacientes, há um intervalo de 26 dias corridos, contando sábados e domingos.

Segundo o Ministério da Saúde ,os estrangeiros têm que cumprir carga horária de 40 horas por semana, informa o G1 na mesma matéria.Com esses dados em mãos é fácil descobrir que há algo errado.

Usando uma calculadora constatei que :

1) Cada um dos 63 médicos teria atendido 3285 pacientes ( resultado da divisão com decimais arredondadas para menos ).

2) Mesmo se os médicos tivessem trabalho os 26 dias , de domingo à domingo sem folga , eles teriam que atender, por dia ,126 pacientes cada um ( resultado da divisão com decimais arredondadas para menos ).

3) Se a carga horária é de 40 horas por semana, os médicos teriam trabalhado cerca de 6 horas por dia de domingo à domingo e atendido 21 pacientes a cada hora, cerca de 3 por minuto. Um prodígio só possível no mundo da fantasia !

4) Mesmo mudando os dados, aplicando 1 , 2 ou 3 dias a mais de trabalho ou dobrando a quantidade de horas trabalhadas, o resultado é de impossível realização pelos profissionais do Mais Médicos. Note que usei a quantidade de médicos informarmado pelo G1 e que favoreceu o Ministério da Saúde.

Trata-se indubitavelmente de mais uma balela do PT… e de um papelão do O Liberal



Máquina de cartão de crédito com as melhoras taxas do mercado

Posts Relacionados

Deixe um comentário