Fraude nas urnas e plebiscito – Como isto pode terminar ?



Plebiscito ou referendo ?!!! Antes de se decidir por uma das duas opções, a sensatez deveria apontar para uma outra questão : Como evitar as fraudes ? Há tempos caiu por terra as afirmações governamentais e do TSE de que a urna eletrônica é extremamente segura.

Talvez fosse mais seguro à democracia trabalhar pela efetiva aplicação da lei, aplicando-a de fato , encarcerando os mensaleiros e todos os seus cupinchas e assim inaugurar, de uma vez por todas ,uma nova era na política brasileira, norteada pela moralidade e , claro , pela constante fiscalização da sociedade civil.

Devido à estranheza da promessa, controversa e repleta de impedimentos jurídicos, da realização de uma Assembleia Constituinte exclusiva para reformar a Constituição, tema que até então nunca havia sido pleiteado nas ruas ou nas redes sociais, tidas como o nascedouro do tsunami de manifestações desenfreadas, deve-se perguntar quais os motivos para tal exposição ao ridículo. Seria a presidenta Dilma realmente tão obtusa e mal assessorada ?

É mais verossímil a tese de que há neste quesito do Pacto de 5 pontas (como a estrela que simboliza o PT) um dos nove dedos do ex-presidente Lula. Em 2010 ele aventou o tema durante a campanha da própria Dilma, e mesmo com toda popularidade que – misteriosamente – ainda tinha na época, não conseguiu emplacar a ideia.

Naquele período, quem seriam os integrantes da Constituinte que redigiriam a portas fechadas as novas regras do jogo ? Os mesmos que hoje estão condenados pelo Mensalão ? Certamente sim. E Hoje ? Quem seriam estes ilustres patriotas ? Os políticos que o povo quer destituir.

Graças à valorosos e incorruptíveis guerreiros – sobretudo o Ministro do STF Joaquim Barbosa -, hoje todos sabem que o maior escândalo de corrupção do Brasil realmente aconteceu e que ele foi uma tentativa de se implantar uma DITADURA DISSIMULADA do PT, eliminando a oposição aos seus projetos comprando com o dinheiro do esquema criminoso os parlamentares e partidos políticos que lhe deveriam fazer oposição. Oras ! Ditadura sim ! Pois não existe democracia sem oposição.

“[…] os efeitos do MENSALÃO se fazem agora sentir mais agudamente. Neste sentido, não deveria causar surpresa o fato de boa parte das bandeiras levantadas pelos manifestantes ser dirigida contra a “corrupção” e os partidos que dela se beneficiaram ou foram com ela coniventes. As manifestações, nesta perspectiva, têm um cunho propriamente moral, entendido em sua dimensão mais própria da crise de valores […]”, disse Denis Lerrer Rosenfield, professor de filosofia na UFRS.

Agora pedem-me para confiar na candura cívica de uma proposta de reforma política de quem já tentou implantar uma ditadura no Brasil. Não dá , né ?

A proposta de reforma que tinha um odor fétido de tentativa de golpe não colou. Ministros, juristas e representantes da OAB, oficialmente preferiram acreditar na inaptidão da presidenta e de toda a sua assessoria e ousaram lhe aconselhar a dissuadir , elegantemente dando-lhe a chance de simular uma retificação democrática à sua tentativa dissimulada de subversão.

Mas ainda há algo muito nebuloso acontecendo.

O Pacto foi um pacote de improvisos mal pensados para empurrar ao congresso, governadores e prefeitos o ônus pela desgovernaça do governo federal. Enquanto senadores e deputados atendem demagogicamente e em tempo recorde as demandas dos sublevadores, a presidenta Dilma faz uso da Política do Coitadismo e se posiciona como vítima de uma máquina institucional viciada que ela luta para consertar. Tudo funcionando lindamente e atendendo boa parte das expectativas populares, objeto e público deste teatro de marionetes.

Entretanto, desde que este tipo de jogo foi inventado, lá na Grécia e na Roma antiga, a única verdadeira preocupação de quem está no poder é permanecer no poder, custe o que custar. Não me ocorre o porquê. Só sei que é assim. Portanto fiquemos atentos. A oportunidade de mudar a História é nossa, do povo brasileiro. Todavia, ELA PODE INADVERTIDAMENTE MUDAR PARA PIOR. Depois de toda energia social comburida no processo de mudança, a simples fraude nas urnas eletrônicas pode por tudo a perder e , pior , nos fazer ter saudades dos tempos de liberdade.



Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!