ministro Felix Fischer

Liberada a desobediência à ordem de parada de agente de trânsito



“A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a desobediência a ordem de parada dada pela autoridade de trânsito ou por seus agentes, ou por policiais ou outros agentes públicos no exercício de atividades relacionadas ao trânsito, não constitui crime de desobediência, pois há previsão de sanção administrativa específica no art. 195 do CTB, o qual não estabelece a possibilidade de cumulação de punição penal.”

 

Qual é a sua opinião, caro leitor?

 



Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!