O mistério dos macacos de Hitler



Apesar do grande esforço que muitos historiadores desenvolveram ao longo de décadas, o paradeiro dos macacos que Hitler introduziu na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial continua a ser um mistério. Você já ouviu falar alguma coisa sobre isso? O que aconteceu com um grupo de macacos importados para a Alemanha? Bem sabemos apenas alguns detalhes sobre estes “macacos nazistas importados”.

Muito provavelmente você nunca ouviu falar sobre o chamado “Macacos de Hitler” e a razão é que praticamente nada se sabe sobre isto. O que se sabe é que os macacos importados da África e da Ásia para a Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial foi um fato.
Ao longo de toda a Segunda Guerra Mundial, os olhos curiosos do mundo estavam sobre a Europa central. Diversos serviços de inteligência das diferentes nações envolvidas na guerra ou não, eles pareciam estar ciente de tudo o que faziam ou poderiam fazer as potências do eixo.
Os tempos eram realmente complexos e medo e adrenalina eram comuns. Chegando ao fim da guerra, os líderes do Projeto Manhattan, envolvendo autoridades dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e Canadá, estavam muito preocupados com a recente aquisição de todos os elementos básicos e necessários para a construção de armas atômicas por parte das forças alemã.
Mas eles ficaram completamente perplexos quando descobriram que uma das mais misteriosas aquisições de Hitler era um grupo de centenas de macacos de várias espécies que foram importados para a Alemanha.
Era o ano de 1941, quando foi descoberto que o governo nazista tinha introduzido centenas de macacos de Gibraltar (Macaca sylvanus ), do norte da África, e centenas de macacos macacos-rhesus (Macaca mulatta), do sudeste da Ásia. A obtenção de um número tão grande de macacos causou grande incerteza nos serviços de inteligência, especialmente os britânicos, que eram os mais dedicados a investigar.

 

 

Houve experimentos nazistas com macacos ?
Nunca se soube. Pensou-se que poderia ser algo relacionado a experiências cruéis (estas determinadas espécies de macacos têm muitas semelhanças anatômicas com os seres humanos), mas nada se sabe sobre esses macacos, ou o que lhes aconteceu, ou o que eles queriam, ou onde tudo terminou.
De acordo com o site io9, o evento alarmou os britânicos, que entraram em contato com Lord Victor Rothschild, um membro especialista do MI5 (Inteligência da Força Militar do Reino Unido), para analisar a questão e dar seu parecer se havia qualquer ameaça.
Em resposta, Rothschild disse que depois de completar e manter uma estreita vigilância sobre os animais, eles não envolviam nenhum perigo. Havia a possibilidade de que os animais eram destinados para testes, especialmente considerando um episódio em que 500 exemplares foram utilizados para experimentos que foram feitos na investigação de febre aftosa.
Por outro lado, é conhecido todo o amor profundo que Adolf Hitler tinha pelos animais. Hitler era vegetariano e foi o primeiro a legislar sobre os direitos dos animais e, paradoxalmente, contra o abuso animal. Hitler pode ter importado os macacos simplesmente porque queria ter essas espécies na Alemanha.
Finalmente, teorias conspiratórias sugerem que Hitler queria criar um exército de macacos … mutantes. Enfim, ninguém sabe por que mil macacos foram subitamente levado para a Alemanha no meio de uma guerra e que diabos aconteceu com eles.

 

( Originalmente postado no Diário Insano )



Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!