28 de fevereiro de 2020 — Do Twitter do Movimento Brasil Conservador:

 

Acabamos de representar contra Rachel Sheherazade no MPF por possível crime de apologia de fato criminoso (art. 287 CP) ao divulgar o evento denominado #facadafest, em referência a tentativa de assassinato do então candidato à presidência do Brasil.”

 

O tweet que originou a representação no MPF:

 

 

Para ver o tweet do Movimento Brasil Conservador CLIQUE AQUI

 





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!