Ostentou no Facebook, juiz viu,se deu mal na justiça

Ostentou no Facebook, juiz viu,se deu mal na justiça

 

 

O juiz Marco Antônio Preis, da comarca de Cerro Largo, cidade de 14.000 habitantes, no noroeste do Rio Grande do Sul, não aceitou a solicitação para que um advogado pago pelo estado defendesse um homem em processo de pensão alimentícia ao filho. Motivo : o homem que pedia assistência gratuita à Justiça postava fotos no Facebook “ostentando” em pontos turísticos na serra gaúcha e no litoral com objetos caros ( relógios, óculos e celulares ) e frases exaltando sua “boa fase”.

 

 



Máquina de cartão de crédito com as melhoras taxas do mercado

Posts Relacionados

Deixe um comentário