13/04/2020 — A grande mídia é cúmplice de toda a canalhice que os governadores, STF, deputados e senadores estão fazendo com o Brasil. Descaradamente estão diuturnamente atacando o Presidente Jair Bolsonaro desde o primeiro dia de mandato. Por este motivo, a mídia mainstream é chamada de extrema-imprensa, uma alusão à extrema-esquerda.

Nada de errado na imprensa fiscalizar o governo e relatar fatos. Mas o que faz a grande mídia, em especial a Rede Globo, é mentir, é criar factoides que possam atingir negativamente o presidente da república.

Praticamente todos os jornais e emissoras de TV do Brasil estavam mal acostumados. Recebiam verbas milionárias do governo federal nos tempos do PT, a pretexto de publicidade, como se, por exemplo, uma empresa estatal como o Correios, que não tem concorrência, necessitasse realmente de um marketing agressivo. Para se ter uma ideia, as verbas totais “dadas” às TVs na era petista chegou perto dos R$ 30 bilhões, com B e bola. Bolsonaro gastou uma fração mínima disso em 2019: R$ 150 milhões . E avisou que ainda é muito e que vai diminuir o montante nos próximos anos. Fora isso, Bolsonaro está exigindo o pagamento de impostos, que sempre foram sonegados pela Rede Globo, senão não haverá renovação da concessão. Ou seja, a Rede Globo está prestes a deixar de existir. Esse clima explica o desespero da extrema-imprensa ao atacar Bolsonaro.

Mas o povo não perdoa, não suporta mais mentiras. O povo não suporta mais a Rede Globo. Prova disso são os inúmeros vídeos que circulam na rede mostrando repórteres externos da Rede Globo, digamos, passando vergonha.

 

 

Enfim, com medo de passar constrangimentos, repórteres  da Rede Globo passaram a fazer reportagens externas com microfones sem identificação:

 

Então você já sabe: Se você esbarrar com uma reportagem sendo feita e o microfone não tiver a canopla, é da Rede Globo Lixo.

UPDATE: Em 14/04/2020, a Globo continuava passando vergonha ao vivo, hahaha:

VEJA A REDE GLOBO PASSANDO MAIS VERGONHA CLICANDO AQUI



<

Tarcísio de Freitas é a favor da vacinação obrigatória e da perseguição aos não-vacinados



Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!