Fonte foto: Vittorio Zunino Celotto / Getty Images

 

 

O filme musical biográfico baseado na vida de Sir Elton John, o primeiro filme de um grande estúdio de cinema a incluir uma cena de sexo homossexual masculino, foi parcialmente financiado pelo Vaticano, informou  a mídia italiana .

De acordo com o Corriere della Sera, pesquisas recentes sobre as finanças do Vaticano revelaram que 1 milhão de Euros nas ofertas dos fiéis católicos ao Óbolo de São Pedro  ,um fundo do Vaticano utilizado “para as muitas necessidades diferentes da Igreja Universal e para o alívio dos mais necessitados, “foi investido em” Rocketman”. Outros 3 milhões de Euros foram destinados aos mais recentes “Homens de Preto”.

As revelações surgiram de investigações dos promotores da Santa Sé sobre investimentos em Malta envolvendo capitais mantidos pelo Secretaria de Estado do Vaticano. No centro da investigação está o Centurion Global Fund ,uma empresa de investimento sediada na capital maltesa de Valletta.

O dinheiro do Vaticano representa dois terços da capital confiada ao Centurion Global Fund, tornando a Igreja Católica seu maior investidor. No entanto, esses fundos foram destinados a uma série de empreendimentos “especulativos” ou moralmente problemáticos que, segundo informações, levaram a uma perda de 4,61% (cerca de 2 milhões de Euros) em 2018.

Com um investimento de 6 milhões de Euros do Centurion Global Fund, a Secretaria de Estado tornou-se parceira da empresa de óculos e “produtos de estilo de vida” do empresário Lapo Elkann, de 42 anos, a Italia Independent. Elkann é neto de Gianni Agnelli, ex-CEO e acionista controlador da Fiat Automóveis.

“Outro acordo de 10 milhões de Euros foi realizado em 30 de setembro com Enrico Preziosi, industrial de games e presidente de Gênova. E mais de 4 milhões de Euros foram gastos para financiar a produção de filmes como o mais recente Homens de Preto e a biografia de Elton John, Rocketman”, informou o diário italiano, citando vários outros exemplos.

“Esses são apenas alguns dos muitos investimentos feitos com as ofertas dos fiéis ao Óbulo de São Pedro, mas existem outros, e a situação está sendo examinada pelo judiciário papal”, diz o artigo.

“Rocketman” conta a história da ascensão à fama do músico britânico Reginal Dwight, nome de batismo de Elton John, e a sua espiral descendente rumo à libertinagem através de drogas, álcool e homossexualidade. Dois meses antes de seu lançamento, o Daily Mail informou que os estúdios da Paramount Pictures estavam pressionando seus diretores a cortar a cena sexual homossexual, mas sem sucesso. O filme estreou no Festival de Cannes e foi lançado nos cinemas britânico e americano em maio de 2019. Ele arrecadou US$ 195 milhões em todo o mundo, contra um orçamento de US$ 40 milhões.

Mas o filme foi censurado em vários países. Na Rússia, onde  foi lançado em junho passado, cinco minutos foram retirados do corte final, e a empresa responsável pela distribuição no país removeu todas as cenas envolvendo homossexualidade e drogas. Os cortes foram criticados por Elton John e Paramount.

Também foi censurado na Malásia. Safaruddin Mohammad Ali, diretor da unidade de filmes do Conselho de Censura da Malásia, disse: “Não permitimos cenas que promovam LGBT em filmes destinados à exibição pública”, acrescentando que “Embora seja sobre a vida real de Elton John,  não compete a ele, Elton John, permitir que o público veja o que ele faz ou as atividades a que ele se entrega. Essa não é a nossa cultura. ”

“Rocketman” foi banido também em Samoa, uma nação cristã conservadora. O principal censor, Leiataua Niuapu ,explicou: “É uma boa história, pois trata-se de um indivíduo que tenta seguir em frente na vida. Ele [Elton John] passou por uma vida familiar difícil e conseguiu seguir em frente e se tornar muito bem-sucedido. Mas existem atos que não são bons para exibição pública e contra a lei. ”

 

Escândalos financeiros em andamento

Segundo o Corriere della Sera, o gerente de fundos do Centurion Global Fund é um italiano residente na Suíça, Enrico Crasso. O ex-banqueiro de 71 anos do Credit Suisse e proprietário em Lugano da Sogenel Holding, “administra os cofres do Vaticano há anos”, disseram eles. “Por isso, ele recebeu inúmeras cartas formais de agradecimento da Secretaria de Estado Papal e recebeu uma medalha de ouro de mérito pelo papa, sem mencionar milhões de Euros em comissões. Há alguns meses, dentro das muralhas do Vaticano, sua reputação começou a mostrar sinais de mancha. Mas em Malta ele ainda é quem decide onde investir o dinheiro do papa. ”

O que há por trás desses investimentos arriscados? A Assessoria de Imprensa da Santa Sé respondeu em uma declaração, dizendo: “As investigações estão em andamento, e as linhas de investigação que podem ajudar a esclarecer a posição da Santa Sé com relação aos fundos mencionados acima e a quaisquer outros, estão atualmente sendo examinadas pelo Judiciário do Vaticano , em colaboração com as autoridades competentes. ”

As notícias do investimento do Vaticano em “Rocketman” ocorrem apenas dois meses após uma invasão na Secretaria de Estado do Vaticano, realizada pelo ex-comandante da polícia do Vaticano Domenico Giani, sob as ordens dos promotores do Vaticano.

O  Registro Nacional Católico  informou em outubro que o ataque foi dirigido principalmente ao cardeal Angelo Becciu, ex-número dois da Secretaria de Estado e ex-funcionário do dicastério. Como  substituto , o cardeal Becciu foi fundamental para encerrar a primeira auditoria externa do Vaticano pela gigante de auditoria PwC (Price Waterhouse) em 2016, acordada pelo cardeal George Pell e pelo Conselho para a Economia.

O jornal L’Espresso  informou  que o ataque se concentrou no “uso indevido do Óbolo de São Pedro e em uma duvidosa transação imobiliária em Londres“, disse Edward Pentin na época. O  Financial Times  revelou mais tarde  que “US $ 200 milhões em contas bancárias suíças controladas pela Secretaria de Estado foram usadas em 2014 para financiar um empreendimento de luxo no distrito de Chelsea, em Londres”, acrescentou.

As notícias do investimento de 1 milhão de Euros do Vaticano em “Rocketman” também seguem  revelações de  que a Ford Foundation, com ideologia pró-aborto e pró-gênero, concedeu US $ 2 milhões em subsídios a grupos-chave envolvidos no recente Sínodo da Amazônia, incluindo um realizado pela Conferência Episcopal Brasileira . Cecile Richards, ex-presidente da Planned Parenthood, faz parte do conselho da fundação americana de extrema esquerda.

Em um briefing do sínodo de 19 de outubro  , Paolo Ruffini, prefeito de comunicações do Vaticano, disse que, embora não esteja familiarizado com o processo de financiamento da Fundação Ford, “como cristão e como católico, acho bom que o dinheiro seja destinado a uma boa finalidade. ”

Ruffini  disse  a este correspondente durante o briefing: “Gostaria de perguntar: você acha que é melhor para a Fundação Ford usar esse dinheiro para outros fins, possivelmente não-cristãos?”

E o Óbolo de São Pedro sendo usado para financiar o filme homossexual “Rocketman”?

O LifeSite entrou em contato com o Departamento de Imprensa da Santa Sé para comentar, mas ainda não recebeu uma resposta.

 

FONTE





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!