28/05/2020 — Até onde sei, foi Carlos Bolsonaro, o filho Zero Dois do Presidente Bolsonaro, quem apelidou o O Antagonista de  “blog de 4 linhas”.  Este site ficou famoso rapidamente em março de 2016 com uma ajudinha da Rede Globo. A emissora de TV divulgou em primeira mão, no seu principal programa jornalístico, o Jornal Nacional, a descoberta dos repórteres do site: os pedalinhos com os nomes dos netos do então ex-presidente, agora ex-presidiário e ainda condenado Lula,  no sítio Santa Bárbara, em Atibaia.

O site O Antagonista conquistou muitos fãs e leitores do espectro político da direita. Ao mesmo tempo, obviamente, ganhou o ódio de todo o universo esquerdopata.

Porém, aos poucos, leitores mais atentos começaram a notar que o site não era exatamente um site conservador, muito menos de direita. VEJA AQUI

Hoje, o O Antagonista é assumidamente um site anti-bolsonarista e que procura diuturnamente tumultuar o mercado.

A empresa de publicações financeiras Empiricus Research é dona de 50% do O Antagonista. Sendo assim, é impossível  que muitas questões sobre esse relacionamento comercial não sejam levantadas. Eis um exemplo no vídeo abaixo:

Trecho de vídeo do canal KIM PAIM no Youtube. Inscreva-se!





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!