Desde 2013, quando Xi Jinping chegou ao poder, a China vem passando por um processo de perseguição religiosa sem precedentes. As “igrejas” e “templos” permitidos pelo governo são os que idolatram o PCC (Partido Comunista Chinês).

Veja abaixo o vídeo-depoimento de Karina Cunha, que morou na China por 15 anos, desde os seus 2 anos de idade.

Assista ao vídeo:
 

 

 

FONTE DA IMAGEM DA CAPA: noticias.gospelmais.com.br





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!