12/04/2020 — A jornalista e escritora Taís Morais contou algumas passagens do seu livro Operação Araguaia: Os arquivos secretos da guerrilha em um vídeo publicado hoje, domingo de Páscoa, no canal Direto aos Fatos, que ela mantém em associação com a também jornalista Camila Abdo.

A Guerrilha do Araguaia foi um movimento guerrilheiro existente na região amazônica brasileira, ao longo do rio Araguaia, entre fins da década de 1960 e a primeira metade da década de 1970. Criada pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), tinha por objetivo fomentar uma revolução socialista, a ser iniciada no campo, baseada nas experiências vitoriosas da Revolução Cubana e da Revolução Chinesa. FONTE

No vídeo, Taís fala sobre a Operação Papagaio, primeira investida do exército brasileiro contra os guerrilheiros embrenhados na mata fechada na tríplice divisa entre os estados do Pará, Goiás (região norte, hoje Tocantins) e Maranhão. A operação durou de março a setembro de 1972 e resultou na prisão de 11 guerrilheiros, entre eles, o ex-presidente do PT (Partido dos Trabalhadores) José Genoíno, capturado em 18 de abril.

Genoíno, que na guerrilha usava o codinome Geraldo, entregou ao exército os nomes dos comandantes guerrilheiros e a localização dos armamentos do seu grupo de subversivos e também do destacamento vizinho.

 

Assista ao vídeo:

 

Compre AQUI o livro Operação Araguaia: Os arquivos secretos da guerrilha





Posts Relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!